Arquivo da tag: Responsabilidade Social

Google vai premiar 10 OnGs brasileiras com R$ 10 mi

Estão abertas inscrições para o Desafio de Impacto Social Google 2016. Os 4 primeiros receberão R$ 1,5 mi cada e os outros 6 ganhadores, R$ 600 mil cada.

Imagens
© Google

As inscrições estão abertas até 21 de março e é necessário ser uma OnG legalmente constituída (possuir CNPJ e apresentar alguns documentos que comprovem a atuação, clique aqui para ler as regras).

As ideias serão avaliadas por um júri interdisciplinar até 23 de maio. A partir de então, a votação das propostas selecionadas será aberta ao público. O resultado será divulgado em 14 de junho.

Você encontra mais informações aqui.


Ficha técnica

Nome: Desafio Google de Impacto 2016

O que é: segunda edição do evento que premia iniciativas de impacto social inovadoras

Quando: inscrições até 21/2. Seleção das principais propostas até 23/5. Resultado por votação aberta ao público em 14/6.

Onde: serão selecionados 2 projetos de cada região do país, totalizando 10 finalistas. Inscrições pelo site.

Anúncios

“Geladeira Solidária” evita desperdícios e ajuda quem tem fome

Trata-se de uma geladeira instalada em um espaço público (rua, praça etc.) e que fica ligada 24 horas por dia. Quem tem algum alimento para doar, o coloca na geladeira. Assim, quem tem fome, pode ir diretamente ao local e retirar seu alimento. A ideia foi adotada em outros países (Espanha, Bélgica, Arábia Saudita) e em diversas cidades brasileiras (Divinópolis, Goiânia, Salvador, Taubaté).Geladeira

Por que é uma boa ideia? Porque facilita a doação dos alimentos, já que não precisa haver contato direto entre o doador e o receptor. Evita desperdício de comida, porque ao invés de jogar fora, a pessoa pode guardar na geladeira solidária. 

Quem poderia gostar da ideia? Moradores de rua, famílias carentes, viajantes etc. Até mesmos pessoas que não são carentes, mas que estejam com fome. Os restaurantes poderiam gostar porque dariam um fim justo aos alimentos que não foram vendidos (e que teriam de ser descartados). Instituições assistenciais e igrejas, por exemplo, poderiam ajudar na manutenção, segurança e controle de qualidade dos alimentos.

Inspirando novas ideias:  É uma iniciativa muito válida para situações de miséria extrema (zonas de refugiados, zonas de guerra, grandes centros urbanos, “cracolândias” etc.). Mas também serve para regiões que não são carentes, como uma forma de evitar o desperdício. A ideia pode ser reproduzida usando outros objetos, como roupas (como foi nos “muros de gentileza” no Irã), calçados, livros e até eletrônicos (celulares, computadores etc.).

Você tem outra sugestão com base nesta ideia? Deixe aqui nos comentários!